O MASTRO DA XÁVEGA E AS MARCHAS DE QUARTEIRA

Na intenção de restaurar algumas das genuínas e populares tradições, a XÁVEGA – Associação para o Desenvolvimento Cultural de Quarteira decidiu, este ano, lançar o seu “balão de ensaio”, com vista a ações futuras para as Festas Juninas. Foi assim que, com o apoio da Junta de Freguesia, esta associação decidiu organizar um “Mastro de São João”, na Rua Vasco da Gama, a que as marchas da Rua Gago Coutinho e de Vilamoura, de imediato, decidiram associar-se.

O baile e o espetáculo que estas marchas apresentaram suscitaram tanto interesse e entusiasmo que as marchas das Florinhas de Quarteira, da Rua da Cabine e da Rua Vasco da Gama decidiram também aderir à iniciativa, obrigando a XÁVEGA a repeti-la no primeiro dia de julho.

Para muitos, foram espetáculos inolvidáveis e um prémio suplementar à boa vontade dos marchantes, que, para levarem a bom porto as Marchas, se dispuseram a sacrifícios, em longos ensaios durante meses, num gesto de amor e bairrismo.

As Festas Juninas ou Festas dos Santos Populares desde sempre foram relacionadas com a festa pagã do solstício de verão na Europa, que era celebrada no dia 24 de junho. Com o rolar dos tempos, muito do seu significado foi-se perdendo mas, em Portugal, a tradição dos Santos Populares tem-se mantido e, nalguns casos, como o de Quarteira, ainda vem associado à realização das Marchas Populares.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s