Produtores Algarvios encontram novos mercados na Alemanha

Estão até à data confirmados cinco produtores algarvios que irão participar nas celebrações do dia 10 de junho em Estugarda, Dia de Portugal e das Comunidades, procurando no mercado alemão novos clientes, colmatando assim as falhas deixadas pela crise e que se fazem sentir nos bolsos dos consumidores portugueses.

À semelhança do que a as representações diplomáticas francesas praticam há vários anos com o apoio da Sopexa, o Consulado-Geral português em Estugarda promove, desde o ano passado, com o apoio da Força Motriz (agência de comunicação especializada na promoção internacional de produtos gastronómicos de qualidade) o Património Imaterial português onde se incluem sons, cheiros, cores, sabores – o mesmo é dizer: Fado, vinhos, licores, aguardentes e um vasto leque de elementos gastronómicos de alta qualidade.

A Câmara Municipal de Estugarda, pela intervenção do Cônsul Geral Manuel Samuel, abre as portas do Salão Nobre aos produtores portugueses, nomeadamente, os vinhos do Dão, do Douro e de Setúbal, e também ao sal de Rui Simeão (Tavira), aos enchidos de Evangelista Oliveira (Monchique), ao Medronho de Rui Oliveira (Monchique) e o “Aguardente” de José da Palma Silva (de Chacopo), e também ao sal das “Terras de Sal” da Associação de Produtores de Sal de Castro Marim.

 Segundo Antonieta Guerreiro, ex-deputada do PSD, “foi inesperado mas muito bem-vindo o contacto para ajudar a promover os produtos algarvios. Tendo sido para algumas pessoas de Lisboa uma surpresa a qualidade dos nossos produtos, surgiu a possibilidade de levar estas iguarias a participar no evento em Estugarda. Obviamente há custos inerentes e neste momento nem todos os produtores estão em condições financeiras para participar. Foi nesse sentido que procurei, com base nos contactos pessoais que tenho, encontrar mecanismos de apoio financeiro. Não tem sido fácil, mas espero que surjam outras oportunidades e que possamos com mais tempo encontrar mais apoios”.

Antonieta Guerreiro admite, através de nota de imprensa, a existência de “uma lista de mais de 20 potenciais participantes, de onde chegámos a cinco produtores que neste momento têm disponibilidade financeira, de mão-de-obra ou de produção para alavancar o seu próprio negócio na Alemanha. Os tempos são difíceis e todas as ajudas serão necessárias”. Até dia 4 de junho Antonieta Guerreiro e a Força Motriz aguardam pela confirmação de mais produtores que se queiram juntar a este evento.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s