O Sítio das Fontes leva visitantes à descoberta do rio Arade

O Sítio das Fontes levou uma vintena de pessoas à descoberta do rio Arade de caiaque

A actividade integrou-se na Festa da Natureza 2012, uma iniciativa da Associação Almargem

Festa da Natureza - Caiaquistas na Praia da Angrinha

No passado dia 12 de maio, 20 caiaques sulcaram as águas do estuário do Arade, passando quase impercetivelmente pelos bandos de aves migratórias, à vista de nostálgicas ruínas dos moinhos de maré que outrora marcaram os ritmos da actividade humana ao longo do rio.

O Sítio das Fontes respondeu assim ao desafio daquela associação ambientalista com um percurso interpretativo pelo rio Arade, utilizando um meio de navegação que produz uma perturbação mínima neste tipo de espaços naturais.

Após uma visita ao moinho de maré do Sítio das Fontes, os participantes partiram Arade abaixo atravessando espaços onde é escassa a intervenção humana, observando os sapais e a sua abundante avifauna migratória, bem como as encostas onde pontifica o coberto vegetal mediterrânico – conjunto de valores que valeram a este território o estatuto europeu de conservação designado por Rede Natura 2000. Puderam ainda notar a crescente ocupação urbana em direcção ao litoral e as alterações impostas aos espaços naturais pela paisagem turística.

Finalmente, foi com bravura que enfrentaram as ondas que o sueste forçou barra adentro, tornando emocionante o desembarque na Angrinha, em Ferragudo, à vista do imponente forte de S. João do Arade.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s