JOSÉ VITORINO CANDIDATA-SE COM NOVA ALIANÇA CÍVICA

O antigo edil farense (2001/05), José Vitorino, anunciou ontem a sua candidatura ás eleições autárquicas de 2013, agora apoiado  por uma nova “Aliança Cívica” –  “Vamos Salvar Faro, Com Coração (CFC/SF).

Esta nova força força, explicou Vitorino, “é proveniente da união entre o movimento “Com Faro no Coração” (CFC), que se candidatou em 2009, e que se extingue em 2013, e destacados dirigentes associativos do Concelho”.

Assim, “o CFC/SF juntou várias figuras independentes, ligadas a diversas associações locais, através de uma democracia participativa”, assume Vitorino, ciente que se trata de “uma dupla alternativa para os mais de 40% de abstencionistas revoltados com a partidocracia existente em Faro”, cosubstanciada pela “coligação “Faro com Macário” e o PS na Assembleia Municipal, onde não tem havido democracia”. 

O conhecido político vai mais longe ao exigir que o atual executivo camarário, liderado pelo social-democrata Macário Correia, avance com uma “auditoria ás contas da Câmara e a torne pública”.  
 Até porque Vitorino entende que “o concelho bateu no fundo, com problemas graves e uma câmara sem obra, sem consciência social e em descontrolo, com as duas maiores forças políticas (PSD-PS) a tornaram-se um problema”.
“Esta nova aliança é uma corrente de unidade, mas com elos plurais, nas ideologias e noutras diferenças. Não servirá apenas para abordar os problemas de Faro mas também chegar mais longe e ser um instrumento decisivo para a região algarvia”, assinalou José Vitorino, reforçando que “o Algarve não tem uma entidade que empunhe a batuta contra as decisões de Lisboa”, recordando que “a AMAL (Associação de Municípios do Algarve – liderada por Macário Correia) foi a favor das portagens, nem a CCDR (Comissão de Coordenação da Região do Algarve – liderada por David Santos) ou a ERTA (Entidade Regional de Turismo do Algarve – liderada por António Pina), que foi “amarfanhada”, criticou.

“Este é um projeto de cidadãos e não quisemos meter debaixo do sovaco do CFC pessoas representativas da sociedade civil. Queremos dar-lhes o protagonismo que merecem”, admitiu José Vitorino, referindo-se ao CFC/SF, ao qual se juntaram António Milheiras Rodrigues, médico, presidente e fundador da Provectus, João Fava, um dos promotores do movimento “Portagens na A22, não”, Juvenal Rodrigues, dirigente da Casa do Benfica de Faro, Franklin Rosa, dirigente da organização de produtores Farfruta, e Maria Madalena Rodrigues, presidente da Associação de Inquilinos de Faro, presentes na mesa de honra, onde também se encontravam a deputada municipal CFC, Rosa Valente, Julieta Paradinha (CFC), o ex-presidente da Assembleia de Freguesia de S.Pedro, Carlos Queiróz (PSD), e Ricardo Vilela, vice-presidente da AEALG (Associação Equestre do Algarve).

Esperançado na liderança de “uma candidatura vitoriosa”, o candidato admite que “a questão fundamental não é ganhar a câmara mas sim ganhar a câmara para implementar o projeto. Não são os lugares que estão em causa.”

Reafirmando a sua posição “contra as demolições nas ilhas, contra as portagens e compadrio eleitoral”, José Vitorino confia que o novo movimento “CFC/SF é alternativa para os eleitores da coligação Faro com Macário e do PS”.

Manuel Luís – t e f

Anúncios

1 Comentário

Filed under Uncategorized

One response to “JOSÉ VITORINO CANDIDATA-SE COM NOVA ALIANÇA CÍVICA

  1. ivone

    onde fica situada a Associação de Inquilinos de faro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s