CONFERÊNCIA “ESCRIVÃES E PREGOEIROS NO CONCELHO DE LOULÉ (SÉCULOS XIV-XV)”

Maria José Azevedo Santos apresenta no próximo dia 12 de maio, pelas 15h00, no Arquivo Municipal de Loulé, a Conferência “Escrivães e Pregoeiros no Concelho de Loulé (Séculos XIV-XV)”.

“Com base nas Atas de Vereação de Loulé da cronologia em apreço, fonte privilegiada para o estudo dos profissionais da escrita e da voz (pregão) estudaremos a expansão ativa e passiva da escrita em Loulé na Idade Média e o poder desta ‘forma de governo’ municipal. Paralelamente, avaliaremos o papel e a medida que desempenhavam os pregoeiros numa sociedade predominantemente analfabeta mas na qual a escrita era já fundamental e indispensável para a governação central e local.”

Maria José Azevedo Santos é Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Diretora do Arquivo da Universidade de Coimbra.  É ainda Investigadora e Diretora da Linha de Estudo e Publicação de Fontes, do Centro de História da Sociedade e da Cultura. Foi também Presidente do Secretariado do Curso de Especializaçãoem Ciências Documentais. É Académica Correspondente da Academia Portuguesa da História, Sócia Fundadora da Sociedade de Estudos Medievais e membro eleito do Comité International de Paléographie Latine.

Tem dedicado boa parte da sua investigação e magistério à Paleografia, Diplomática e Codicologia medievais latinas e portuguesas. É autora de muitos livros e artigos dos quais se destacam: “Estudos da Diplomática Portuguesa”, Colibri, Faculdade de Letras de Coimbra, 2001 (em coautoria) pp.75-91; 167-190; 233-256; “As comunicações na Idade Média”, coordenação de Maria Helena da Cruz Coelho, ed. Fundação Portuguesa das Comunicações, Lisboa, 2002. Capítulo IV: A génese e a expedição de cartas – “Na volta do correio. A correspondência de D. Pedro, duque de Coimbra (1429-1448)”, FPC, Lisboa, 2002, pp. 191-218; “Jantar e cear na corte de D. João III”, eds. Centro de História da Sociedade e da Cultura e Câmara Municipal de Vila do Conde, Vila do Conde, Coimbra, 2002, 156 págs; “Homenagem da Misericórdia de Coimbra a Armando Carneiro da Silva”, Coordenação científica, ed. Santa Casa da Misericórdia de Coimbra e Palimage Editores, Coimbra/Viseu, 2003, 230 págs; “Assina quem sabe e lê quem pode.” Leitura, transcrição e estudo de um rol de moradias da Casa de D. Catarina de Áustria (1526). Prefácio de Carlos Sáez, ed. Imprensa da Universidade de Coimbra, 2004, 139 págs.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s