ALVES REDOL RECORDADO EM EXPOSIÇÃO

A partir da próxima quinta-feira, a Biblioteca Municipal Lídia Jorge vai acolher uma exposição documental dedicada à vida e obra de Alves Redol. A mostra, patente até dia 28 de abril, recorda a vida e o percurso literário do escritor.
Vida e obra do escritor, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge “Alves Redol – Centenário do Nascimento” é o título da exposição documental e biobibliográfica, que irá estar patente na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, de 5 a 28 de abril.
A mostra itenerante conta com 17 telas, que acompanham o percurso pessoal e literário de Alves Redol, figura cimeira do neorrealismo literário português.
Crítico das desigualdades sociais, Alves Redol, nascido em Vila Franca de Xira, em 1911, refletiu ainda, em várias crónicas, a problemática da colonização portuguesa.
Como romancista destacou-se pelas obras “Gaibéus” (1939), “Marés” (1941), “Avieiros” (1943), “Fanga” (1944), “Reinegros” (1945), “Porto Manso” (1946), “A Barca dos Sete Lemes” (1958), “Uma Fenda na Muralha” (1959) e “Barranco de Cegos” (1962), a sua obra-prima. Como dramaturgo, escreveu as peças “Forja” (1948) e “O Destino Morreu de Repente” (1967).
A mostra, apoiada pela Autarquia, é uma organização da Associação Promotora do Museu do Neorrealismo, no âmbito do centenário do nascimento do escritor, que se comemorou no ano 2011. Pode ser visitada de terça a sexta, das 9h30 às 19h15, e às segundas e sábados, das 11h30 às 13h00 e das 14h00 às 19h15.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s