Auditório celebrou 3º aniversário com muita animação

  O último sábado, 24 de março, foi dia de festa, alegria e celebração no Auditório Municipal de Olhão, que abriu as portas ao público durante 12 horas para assinalar o seu terceiro aniversário. Cerca de um milhar de pessoas passaram por este espaço cultural e participaram nos festejos. Mais um sucesso!

 

Foi a 21 de março de 2009 que o Auditório Municipal de Olhão foi oficialmente inaugurado, com a presença do então ministro da Cultura António Pinto Ribeiro, como fez questão de recordar o presidente da Autarquia, Francisco Leal. O edil lembrou, junto dos colaboradores do Auditório, aquele dia de festa que, desde então foi motivo de celebração, até pelos bons resultados alcançados por esta casa de cultura, uma das melhores do Algarve.

Tendo como grande destaque a atuação de Aurea, no sábado
à noite, durante toda a tarde, houve muita animação: Começou com o conto para crianças dos cinco aos 10 anos, Construir um Sonho: O Zoo do Joaquim, seguiu-se um momento teatral com a participação da Companhia A Gorda e do Grupo de Teatro da Casa da Juventude de Olhão e depois o maestro Jorge Alves dirigiu o concerto do Grupo da Escola de Música da Banda Filarmónica 1º de Dezembro, de Moncarapacho.

Durante a tarde, foi assim… Entraram e saíram famílias e jovens, num espaço que esteve aberto a todos de forma gratuita (à exceção do concerto de Aurea) e onde foi igualmente possível apreciar a exposição de Jorge Pé-Curto, Aventuras e Desventuras do Grande Predador.

A noite começou com a oferta, aos presentes, de um Tinto de Honra e de diversas iguarias de conservas e patês, assim como de cocktails confecionados pelos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve. Esta nova fase das iniciativas do dia de aniversário teve continuidade com a atuação de um grupo de dança oriental.

Seguiu-se o tão esperado concerto de Aurea, que brindou os fãs que encheram o Auditório com os seus grandes sucessos. A jovem cantora, que se apresentou em palco descalça e conseguiu criar um tom intimista com apenas cinco músicos a acompanhá-la, falou do ‘seu’ Algarve e de Olhão, onde disse ser um prazer estar e interagiu como públicodurante todo o espetáculo. Com um ar de menina, mostrou a potencialidade da sua voz durante cerca de uma hora e meia de espetáculo. Eo públicoolhanense rendeu-se…

A noite terminou, já de madrugada, ao som dos Triple Trouble, num café-concerto realizado junto ao bar do Auditório Municipal. Neste dia passaram pela sala de espetáculos olhanense muitas caras conhecidas da região e da cidade olhanense. A festa foi mesmo para todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s