Associação Americana financia a construção de um túnel aerodinâmico na Universidade do Algarve

A American Society of Heating, Refrigerating and Air-conditioning Engineering (ASHRAE), sedeada nos EUA, e com delegações em grande parte dos países do mundo, atribuiu um financiamento à Universidade do Algarve para projetar e construir um túnel aerodinâmico com recirculação do ar, que vai possibilitar melhores condições para a investigação, na área de aerodinâmica industrial e no desenvolvimento e calibração de sensores de medição da velocidade do ar, e aumentar a qualidade do ensino nestas áreas.

A originalidade do projeto e dos métodos aplicados na construção do equipamento já deu origem ao desenvolvimento de uma nova patente.

Segundo Eusébio Conceição, docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia e coordenador do projeto, “esta originalidade prende-se com a utilização de materiais mais acessíveis e com um maior tempo de vida na câmara de expansão, na câmara de concentração e na zona de recirculação”. Por sua vez, explica o professor, “na câmara de expansão foram utilizados defletores, estrategicamente colocados, de forma a garantirem uma expansão mais uniforme, com menor perda de pressão. Na contração foi utilizada uma relação (de 1:6) que permite menores perdas de pressão (já que, na rede, colocada na maior dimensão, o valor da velocidade é seis vezes menor do que na zona de testes) e um escoamento mais uniforme, com menores níveis de intensidade de turbulência, na zona de ensaios”. Finalmente, acrescenta ainda o coordenador, “a zona de recirculação aproveita a totalidade do escoamento da zona de testes, o que garante não só menores correntes de ar no interior do laboratório, mas também um melhor aproveitamento de energia pelo sistema, apresentando um design e dimensões que permitem menores perdas de pressão, com um escoamento mais uniforme.

“A construção deste túnel foi efetuada a partir de um programa de computador, que simula o escoamento dinâmico no interior do mesmo, tendo em conta equações de conservação de massa, de energia e de quantidade de movimento. Todos os pormenores foram analisados detalhadamente antes da sua construção”, conclui Eusébio Conceição.

Este financiamento foi atribuído à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve e à delegação regional da ASHRAE Students em Faro, instalada também nesta Faculdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s