Rotários tavirenses em reunião com fados

Por: Geraldo de Jesus

A maioria dos Clubes algarvios aderiu a este convívio organizado pelo Rotary Clube de Tavira, uma jornada de fraternidade, entre clubes algarvios, como nos disse Abílio Lopes, Presidente da direcção.

 

Pedro e Teresa Viola

-Um convívio fora de portas, ao ar livre, com fados.

Este ano tivemos essa inovação, graças a um grupo de amigos, pessoais e do movimento rotário. São fadistas bem conhecidos: Pedro Viola, Teresa Viola, Pedro Neves (voz e viola), Virgílio Lança (viola) e Miguel Drago (guitarra), no fado algarvio e fizeram o favor de estar presentes para abrilhantar esta reunião de convívio e amizade.

Virgilio Lança

Um projecto antigo, entre o Algarve e Andaluzia, o Andalgarve, foi reactivado. Qual a finalidade?

O Algarve e a Andaluzia, têm muito em comum. São populações que estão muito próximas umas das outras. Até se pode dizer que têm alguns antecedentes comuns. A ideia é juntar o comum, para transformar o que é mais pequeno em maior. O Rotary é de todo o mundo, mas isto não impede que se continuem a fazer projectos internacionais. Estes são projectos mais direccionais.

Pedro Neves

O Fado, no Algarve, está bem implantado

O Companheiro, Virgílio Lança, disse-nos ser “fácil trazer os fadistas aqui, porque o conjunto de pessoas que estão nessa actividade fadista, são tudo pessoas bem formadas, solidárias e sempre disponíveis para colaborar e ajudar. Por norma, a grande parte das actuações que fazemos são solidárias, porque nós estamos na música porque gostamos da música e essa coisa do “cachet” são secundárias”.

Miguel Drago

No Algarve, estão a aparecer mais jovens a cantar o fado.

É verdade. Vozes jovens e muito boas e quando estão em confronto com as outras vozes nacionais têm arrebatado 1ºs prémios. Estou a recordar-me do Márcio Gonçalves que neste momento está na final do concurso de fado na RTP1. Estou a lembrar-me da Raquel Peters, que ganhou a grande noite do fado, da Sara Gonçalves, Pedro Viola e muitos outros que quando saem do Algarve e vão para Lisboa competir, com outros fadistas nacionais, normalmente, vencem. O fado no Algarve está muito bem implantado e tem toda a razão de ser, porque o fado no Algarve tem duas vertentes. Tem a vertente cultural e a vertente turística, muito importante. Os turistas, nomeadamente os holandeses, são grandes conhecedores e amantes de fado. São daqueles que passam cá muitos meses por ano e as únicas saídas que fazem é para ouvir fado, porque para eles é muito importante como turístico.

Miguel Calejo Pires, Joana Trabulo Silva, Rita Trabalo Silva, Carlos Teixeira e Pedro Simão

Por isso o fado chegou onde chegou…

– É verdade. O fado neste momento, não tem fronteiras. É normal falarmos com estrangeiros dos mais diversos países e conhecem bastante sobre o fado. Não têm apenas curiosidade, já conhecem os fadistas actuais e os de antigamente e são um bom público para nós.

O que é o Interack?

Foi o jovem, Miguel Calejo Pires, que nos falou sobre este escalão etário dos Rotários. “Está inserido no Rotary Internacional e é destinado aos jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, idade do Ensino Secundário. Surgiu a oportunidade, através do Rotary Clube de Tavira. Convidaram-nos para integrar este movimento, que está a começar. Somos sete pessoas e o nosso objectivo é desenvolver projectos de solidariedade, dentro da comunidade dos jovens de Tavira. Desenvolver projectos e eventos em que vamos envolver diversos jovens. Ajudar também, internacionalmente, os jovens do Quénia.

Se, por exemplo, vos for pedido para arranjar livros para os PALOP. O que fazem?

– A nós deram-nos liberdade para escolher os projectos que quiséssemos. Estamos a tentar saber quais os melhores para diversificar o mais possível.

Hoje, são estudantes. Amanhã serão profissionais. Irão continuar Rotários?

Nós esperamos que sim. Estamos a começar, no Interak, depois vamos continuar no Roterak – 18 aos 30 anos – e quando chegarmos a essa idade passar a rotário. Temos espírito de entreajuda e queremos ajudar. Por isso queremos continuar.

– O trabalho que se propõem fazer, não vos mete medo?

Não. Temos vontade naquilo que estamos a fazer. Por isso, vamos para a frente. Temos sentido muito apoio. Pessoas a querer ajudar. Ainda não temos muita experiência. Começamos à pouco, mas toda a gente, não só a nível dos Rotários, mas da cidade de Tavira, disponibilizaram-se para ajudar.

Projecto ANDALGARVE unir comunidades

A Companheira, Maria Helena Baptista, Presidente do Clube de Loulé e, simultaneamente do Andalgarve – clubes do Algarve e Andaluzia – disse-nos que o projecto nasceu em 2004, por iniciativa de alguns clubes do Algarve e da Andaluzia, nomeadamente o Clube de Huelva que desenvolveram actividades e estabeleceram os estatutos do Andalgarve. “Entretanto houve uma quebra. Em 2011, por iniciativa do Companheiro, Escriva que foi encontrar-se com Companheiros da Andaluzia no sentido de reactivar o projecto. Fomos à Ayamonte e o projecto foi reactivado.

O que é o Andalgarve?

É uma parceria entre clubes do Algarve e da Andaluzia, sobretudo a Andaluzia Oeste Ocidental, no sentido de desenvolver projectos comuns que possam servir as duas comunidades e aproximar as duas regiões. É interessante, porque se trata de dois Distritos Rotários distintos. Dois Países distintos a quererem desenvolver um projecto comum e isso é uma motivação muito acarinhada. Nós esperamos ir com isso para a frente, por ser um projecto interessante e o Rotary Internacional também nos apoiar. A ideia é reforçar a amizade, debater as fronteiras entre o Algarve e a Andaluzia, aproximarmo-nos e desenvolvermos as capacidades que cada uma das zonas tem, para o Companheirismo e segurança”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s