Turismo do Algarve: Fernando Anastácio Bate com a Porta

Através de nota de imprensa, que transcrevemos na íntegra, o socialista albufeirense Fernando Anastácio dá a conhecer que pediu a “demissão do cargo de vice-presidente da ERTA – Entidade Regional de Turismo do Algarve”, explicando os motivos que o levaram a tal tomada de posição:

“Há já algum tempo que as condições para o exercício das funções que estão atribuídas à Direção da Entidade Regional de Turismo do Algarve se vêm deteriorando.

Os mais recentes desenvolvimentos, consubstanciados em opções políticas da tutela que reduzem de forma drástica o orçamento desta entidade, refiro-me muito em particular ao cancelamento do programa Allgarve, ao recente corte de 30% do orçamento da ERTA, os termos da contratualização que é imposta, bem como a sustentação de posições pela Sr.ª Secretária de Estado que o reforço e/ou a manutenção dos parcos de meios disponíveis para a promoção terão que ser encontrados no corte de despesas com recursos humanos, acentuaram ainda mais a minha reserva sobre a orientação e o caminho preconizado pela tutela para o turismo do Algarve.

Longe vão os tempos da união deste grupo liderado por António Pina (centro), onde Nuno Aires (2º.esqª) foi o primeiro a levantar polémica  

Esta nova realidade retira qualquer possibilidade, em minha opinião, de se desenvolver um trabalho sério, cada vez mais necessário em prol do setor do turismo e do Algarve, e não permite que continuem reunidas as condições para um pleno e cabal exercício das responsabilidades que, no meu entender, estão atribuídas à ERTA.

Nuvens adensam-se cada vez mais sobre o edifício da ERTA

Entendo também que as responsabilidades públicas devem ser exercidas por aqueles que acreditam nas políticas definidas por quem tem a tutela do setor, opções essas que, sinceramente, no caso presente não perfilho, ao que se alia o facto de não se enquadrar na minha forma de estar manter-me nos cargos só pelo exercício dos mesmos.

Face ao exposto, entendi hoje mesmo renunciar o mandato de Vice-Presidente da Direção para que fui eleito na Entidade Regional do Turismo do Algarve.

A bem do Turismo e do Algarve espero que esta tomada de posição possa de alguma forma contribuir como lançar um alerta e promover a reflexão entre os agentes regionais, públicos e privados, sobre o caminho que se  está trilhar que a persistir-se por ele levará à morte anunciada daquela que já foi uma entidade (senão a única) com uma matriz regional.

Gostaria também de aproveitar esta oportunidade deixar uma nota pública de apreço a todos os funcionários e colaboradores da ERTA, pois saio desta instituição com a convicção que estes são o principal ativo do Turismo do Algarve”, conclui o documento do socilista

Fernando Anastácio

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s